capítulo 7

439 28 1
                                    

Tem quatro dias que a minha irmã foi embora

Ops! Esta imagem não segue as nossas directrizes de conteúdo. Para continuares a publicar, por favor, remova-a ou carrega uma imagem diferente.


Tem quatro dias que a minha irmã foi embora.

Recebi várias mensagens do Apolo...me chamando para sai ... quê eu recusei dizendo que estou sem tempo.

Uma mentira... estou muito confusa por tudo que aconteceu...com o quê a Sônia me disse.

Confesso que isso mexeu comigo... não posso nem pensar o Apolo  transando com a minha irmã.

Saio dos meus pensamentos chegando em casa,abro a porta entrando indo para o meu ateliê de custura.

Peguei vim quartinho pequeno que tinha aqui em casa e transformei em um ateliê.

Peguei vim quartinho pequeno que tinha aqui em casa e transformei em um ateliê

Ops! Esta imagem não segue as nossas directrizes de conteúdo. Para continuares a publicar, por favor, remova-a ou carrega uma imagem diferente.

Não é nada gramuroso...mais é o suficiente para eu continuar.

Estou agora só trabalho com isso... não é muita coisa ...mais está me ajudando muito.

Nem acredito que posso fazer compras sem medo do dinheiro não dá.

Saio dos meus pensamentos com o barulho da campanhia.

Eu abro a porta e fico supresar com a pessoa na minha frente.

Apolo: vai continuar fugindo de mim até quando?-Fala chateado.

Eu posso a mão no cabelo tentando  me conter.

Eu: entra Apolo.-Falo dando espaço para ele.-Você quê beber alguma coisa?

Apolo: não obrigada. Eu só quero entender o quê mudou?

Eu: a Sônia me disse que vocês dormiram juntos.-Falo olhando para ele.

Apolo: ela fez isso para ter afastar de mim.Eu jamais mentira para você.-Fala me olhando nos olhos.

Eu: porque você não me disse quê deu dinheiro para ela?-Me encosto na parede.

Apolo: eu não queria ter preocupa.-ele se levanta vindo até mim...ele pega a minha mão e coloco no seu peito.-Você acha que o meu coração bate assim por alguém mais...eu te amo sof... Sempre amei e sempre vou amar.-Fala emocionado.

Eu: eu também te amo.-Falo me rendendo a essa amor... quê guardo por muito tempo.

Sinto os lábios tocando nos meus... é como brisa suave...bem lento e delicado.Ele apreciar cada canto da minha boca me fazendo afragar...nos seus braços... paramos com alguns selinhos.

Apolo: eu não posso mais fica longe de você docinho ... você está celada em mim.-Falo encostando sua testa na minha.

Eu: me desculpa ...eu estava confusa.-Falo sem jeito.

Apolo: eu entendo docinho...mas me promete que aconteça o quê acontece... você vai falar comigo primeiro?-Fala me puxando para os seus braços.

Eu: eu prometo.-Falo circulando os meus braços na sua cintura.

Ficamos assim por um tempo... apreciando o momento.

Eu: você quer almoçar comigo?

Apolo: eu quero docinho.-Falo dando um selinho no meu nariz.

Eu puxo ele para senta no sofá... Enquanto faço almoço para a gente.

Assim que termino de fazer...eu arrumo a mesa... quê tem na cozinha.

Eu sento de frente para ele.

Eu: não repara a comida está muito simples...nem tive Tempo de ir ao supermercado ainda.-Falo sem jeito.

Apolo: está uma delícia docinho.-Fala dando outra gafada no macarrão com carne moída.

Eu: quê foi?

Apolo: docinho você está passando necessidade?

Eu: não.porque?

Apolo: eu perguntei a pequena o quê ela queria de ganhar de aniversário...ele disse quê queria uma geladeira... porque a de vocês não está gelando.

Eu coloco a mão no rosto surpresa...e emocionada com a minha menina.

Eu: já passamos muitas necessidades...mas graças a sua vó quê me ajudou esse meu novo trabalho ... não passamos mais.

Apolo: tem certeza... porque o quê vocês precisa eu estou aqui.-Fala me olhando com amor.

Eu: eu quero uma carona até o supermercado.-Falo tirando os pratos.

Apolo: eu vou adorar da uma passeio no supermercado e depois pegamos a pequena na escola.

Eu: Amanda vai pega ela para mim.-Falo circulando os meus braços em volta do seu pescoço e selando nossos lábios.

Apolo: se a minha ida ao supermercado vai me render uns desses então eu vou sempre.

Eu: seu bobo.-Falo dando um tapinha em seu braço.

Passamos horas no supermercado... comprando tudo que eu precisava... quê era quase tudo.

Arroz, feijão, macarrão, miojo ,azeite , manteiga,queijo,Danone, cereais, leite...etc

Depois que saímos do mercado fomos para casa.

Assim que chegamos eu entrei com algumas sacolas... enquanto o Apolo trazia o resto.Ele não deixou eu ajuda.

Minha menina viu as compras ficou toda boba.

Assim que arrumei tudo com ajuda do Apolo...eu preparei o almoço para gente.

Comemos todos sentados na mesa.
Eu,Apolo ,Amanda e su.

Amanda adorou o Apolo...e me disse quê ele está caidinho por mim.

Depois do jantar ficamos um tempo abraçados namorando.

Apolo levou a  minha pequena para cama e logo depois foi embora.

Eu arrumei a cozinha e fui custura um pouco.

Depois de um bom tempo trabalho ...eu fui para o meu quarto.

Depois de tomar banho ...peguei o celular e dei uma olhada.

Tinha uma mensagem do Apolo.

Apolo: nem acredito que estamos namorando.

Eu: eu não sei disso não.Você ainda não me pediu em namoro.😁

Depois de alguns minutos ele responde.

Apolo: KKK.recado recebido docinho... amanhã vou passa aí para ter perdi em namoro....com direito a bombom e tudo.😍

Eu: está querendo me subornar futuro namorado?pois está conseguindo 😄

Apolo: fico feliz com isso.

Eu: até amanhã .

Apolo: até amanhã docinho.

Mensagem off.

Agora quê eu tenho você amo... não vou mais conseguir fica longe.

Comentem 📣
Votem ⭐
Beijos 😘

MEU PORTO SEGURO 4(CONTO)Onde as histórias ganham vida. Descobre agora