Oruam- ...

5K 262 19
                                    

-CALA A BOCA- ele grita

mais um tapa
pois é, esse é o relacionamento em que eu vivo faz 4 anos

eu cansada disso sabe, mas não sei oque fazer
sempre que eu falo sobre terminar Mauro surta
ele diz que não sabe viver sem mim, que me ama e que vai mudar
as vezes ele diz que me mataria se eu fosse embora

-você vai se arrepender de tudo isso que faz comigo- o olho chorando

-e oque você vai fazer garota, vai chamar a polícia? vai ligar pros seus pais?- diz rindo

minha raiva estava tomando conta e isso é um problema
quase matei meu irmão uma vez por conta disso
eu ganho uma força surreal

-vai fazer oque Rafaella, fala, vai chorar é- ri chegando perto de mim

-chora princesinha- passa a mão no local do tapa

empurrei ele com tanta força que fez ele bater no balcão da cozinha

-tá maluca?- levanta ele com a mão no local machucado

puxei ele pela camisa e encurralei ele na parede

-você vai se arrepender de todo esse inferno que causou na minha vida- digo

Mauro não disse nada, pela primeira vez vi medo em seu olhar
ele sabe de todos os meu problemas com a raiva

soltei ele e sai andando
logo o senti puxar meu cabelo e me jogar no chão

derrubei ele também e peguei minha bota que estava no chão

sem dó bati com ela no rosto dele

parei quando vi sangue

as lágrimas quentes escorriam pelo meu rosto

soltei o sapato no chão e sai de cima dele

peguei um copo e joguei na parede pegando um pedaço na mão e passei pelo braço dele

quando ouvi seu grito de dor me dei conta do que estava fazendo

larguei o vidro no chão e olhei pra frente vendo meu reflexo no espelho

tinha sangue no meu rosto, na minha roupa
pelo chão da sala
e no corpo dele

senti uma ardência na lateral da minha coxa, quando olhei vi sangue escorrer pela minha perna
me cortei também

-você enlouqueceu- diz ele

-Sim, e isso é culpa sua- digo o olhando

-Sabe essa dor que tu sentindo, é ruim né- me abaixei ao seu lado

-Imagima sentir ela todo dia, por anos sem poder fazer nada pra parar-

-Ouvir promessas de que vai mudar mas só piorar a cada dia que passa-

-Cheguei no meu limite Mauro-

-Rafaella, você é uma pessoa horrível, um verdadeiro monstro- começa a levantar a voz

-Abaixa o tom, eu sou o monstro que você criou-

-Essa raiva dentro de mim é culpa sua e agora as consequências-

-Eu poderia ter te matado sabia- o olho

logo o silêncio se fez presentemente encostei na parede e passei minha mão pelo cabelo puxando os fios pra trás

depois de minutos ouvimos o barulho da porta da cozinha
provavelmente era a empregada daqui chegando do mercado

-Dona Rafaella eu... OQUE ACONTECEU AQUI?- derruba todas as sacolas no chão

-Eu explodi- digo sorrindo

-Toma, isso pra outra, espero que ela não se permita chegar à esse ponto igual deixei- jogo a aliança no chão e me levanto

fui andando pro quarto e tomei um banho

em seguida guardei todas as minhas roupas em malas e coloquei na sala

Mauro não estava mais no chão e sim do lado de fora da casa

tava tudo limpo, nem parecia que tinha rolado uma briga ali

-Cadê a chave do meu carro?- pergunto pra ele

-Vai pra onde?- me olha

-Pro inferno, me logo a porra da chave- digo mais alto

-Fala baixo se não..- ele levanta

-Se não oque? vai diz- bato de frente

-Chega por hoje, aqui sua chave, vem- Soraia me puxa

-Fico feliz que tenha se livrado disso- diz

-Me sinto aliviada, mas não sei se vou ter paz daqui pra frente- falo

-Se ele aparecer na mídia assim e falar que foi eu vão querer me matar-

-Vou fazer de tudo pra que ele não faça isso e outra coisa-

-Denuncia ele meu amor, nenhuma outra merece viver isso- me olha

oque eu vou fazer Soraia, bom, muito obrigada por tudo-

-Até um dia- comecei a colocar minhas coisas no carro e em seguida fui embora

a sensação de liberdade é tão boa
sair com o meu carro sabendo que ninguém vai vir atrás de mim feito louco

nunca se permita chegar nesse ponto em um relacionamento, isso NÃO É AMOR

agora sei que eu e meu filho vamos viver em paz

----------

depois de 200 anos eu apareci kakakakaka
me perdoem tá

Pedidos abertos

Imagines br- cantoresOnde as histórias ganham vida. Descobre agora